FAQs

Perguntas frequentes sobre o Programa PROCIDADES do BID:

  • Os recursos do BID são destinados apenas para melhorar o desenvolvimento econômico e tecnológico da cidade?
    Os recursos do BID são destinados a investimentos em três áreas: Revitalização Urbana; Desenvolvimento Econômico e Prevenção à Violência.
  • Por que os recursos do BID não podem ser utilizados em outras áreas, como saúde e educação, por exemplo?
    O projeto original, com consultorias do BID, definiu, à época, nas gestões do prefeito Jair Foscarini e, posteriormente, na do prefeito Tarcísio Zimmermann (entre os anos de 2008 e 2012), o escopo atual do Programa. Na atual administração foram autorizados apenas pequenos ajustes para viabilizar as ações no prazo disponível.
  • A estrutura administrativa é composta por quem?
    Além da Unidade de Execução do Programa, pelo Comitê Consultivo do Programa, integrado pelos secretários municipais.
  • Como funcionará o projeto de revitalização da área central de Novo Hamburgo?
    As obras abrangem pavimentação, sinalização viária, urbanização e modernização de redes de saneamento, elétrica, lógica e iluminação pública.
  • De forma prática, quais serão os avanços para a cidade, na área central?
    Tornarão a área central mais humana, dinâmica e funcional, com acessibilidade universal e separação de redes cloacal e pluvial, que integram as Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário da Bacias do Arroios Luiz Rau.
  • Quais melhorias podemos esperar após a revitalização do Calçadão Osvaldo Cruz?
    Nova pavimentação, equipamentos, iluminação e padronização de bangalôs para uso dos restaurantes e bares, entre outras melhorias.
  • Quem realizará as obras?
    Um consórcio entre as empresas Encopav Engenharia e a Coesul Construtora Extremo Sul, em parceria com a Prefeitura.
  • Qual o valor do empréstimo cedido pelo BID?
    US$ 23.910.000,00
  • Quando as mudanças se iniciaram?
    Dia 14 de 2018 foi fechada a Avenida Nações Unidas, no trecho entre as ruas Marcílio Dias e Joaquim Nabuco.
  • Quais tipos de mudanças serão realizadas?
    Serão muitas obras, desde drenagem e rede de esgotos até implantação e reformulação de diversos pontos.
  • Em quais áreas podem ser utilizados os recursos do BID?
    Devem ser utilizados exclusivamente em ações previstas no Contrato de Empréstimo firmado com o Banco, autorizados pelo Governo Federal.
  • Como funciona o Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado de Novo Hamburgo (Procidades), que está vinculado ao BID?
    É estruturado na Revitalização Urbana, Desenvolvimento Econômico Local e Prevenção à Violência. O executor é o Município, sob coordenação da Unidade de Execução do Programa, vinculada ao Gabinete da Prefeita e à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.
  • Qual o objetivo do PDMI?
    Contribuir para a melhoria das condições socioeconômicas, urbanas e ambientais do Município e, consequentemente, a qualidade de vida de sua população.
  • Em quais ruas?
    Trechos da Joaquim Nabuco, Lima e Silva, 5 de Abril, David Canabarro, Povo de Canelones, Cidade de Atlântida, Magalhães Calvet, Primeiro de Março, Pedro Adams Filho, além do Calçadão Osvaldo Cruz e da Praça do Imigrante.
  • Quais melhorias podemos esperar após a revitalização da Praça do Imigrante?
    Nova pavimentação, iluminação, mobiliário urbano, construção de um chafariz interativo, revitalização das bancas e dos sanitários públicos, entre outras benfeitorias.
  • Como funcionou a licitação para a contratação das empresas que atuarão nas obras do Centro?
    As empresas interessadas se habilitaram através da entrega de proposta financeira e comprovação de capacidade técnica e financeira para execução das obras, conforme o Edital.
  • Quem fiscalizará a obra?
    Por ser um investimento internacional, a fiscalização é feita de forma diferenciada, por meio de um representante do Tribunal de Contas.
  • Qual a previsão de conclusão das obras?
    A previsão de conclusão das Obras é no segundo semestre do ano de 2019.
  • Como a obra será realizada?
    Por etapas para garantir o máximo de rapidez e o mínimo de impacto para a cidade. Conforme a fase vai sendo finalizada, uma nova etapa começará.
  • Como a comunidade poderá acompanhar a obra?
    No canteiro de obras, onde antes era o Receptivo Turístico, está instalada uma espécie de Quartel General (QG) onde haverá profissionais aptos a esclarecerem dúvidas.